Página inicial
 
Mural de recados
12.12 | Pierre Santos
Marcos Leite, é bom pela renda no momento, agora quando lota é de 90% de caruaru ...
12.12 | CLEO
Vdd Marcos Leite se o Centralzão começar com o pé direito a torcida vai comparec ...
12.12 | CLEO
VAMOS PRA FESTA GALERA NESSA TERÇA LANÇAMENTO DA NOVA MARCA E AS MUSAS DO CENTRA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/12/2017
17h31 | esportes - SPORT
SPORT --- Clube tem Eduardo Baptista como principal opção para o clube
Confirmado na Série A do Campeonato Brasileiro em 2018, o Sport pode ter um velho conhecido no comando técnico para a próxima temporada. Trata-se de Eduardo Baptista, o treinador é o primeiro na lista para comandar a equipe que tentará o bicampeonato pernambucano e disputará também a Copa do Brasil e o Nacional, além de uma possível vaga na Sul-Americana (para isso precisa torcer para o Flamengo ser campeão na edição atual da disputa internacional).

Os primeiros contatos entre a direção do Sport e o treinador já foram feitos com boa receptividade por parte de ambos. A saída abrupta de Eduardo Baptista para o Fluminense, durante o Brasileiro de 2015, que chateou bastante o atual presidente do clube, Arnaldo Barros, já foi superada. E também existe o desejo do treinador em voltar ao clube onde começou a carreira e obteve seus melhores resultados, com o título pernambucano e da Copa do Nordeste em 2014, além de boas campanhas em duas edições da Série A.

Assim, o entrave para a volta de Baptista seria o contrato que ele ainda possui com a Ponte Preta, que vai até dezembro de 2018 e possui uma multa alta de rescisão. Porém, negociável. Até mesmo por conta do rebaixamento da Ponte à Série B. O Superesportes tentou contato tanto com o comandante quanto com o vice-presidente de futebol, Gustavo Dubeux, mas não foi atendido.
 
Além disso, há também a questão pessoal ética de Eduardo, já que Sport e Ponte foram concorrentes contra o descenso e isso poderia macular a imagem do treinador perante à opinião pública de Campinas.

Na carreira, Eduardo Batista também treinou o Palmeiras este ano, quando foi demitido durante a disputa da Copa Libertadores, além de uma passagem apagada pelo Atlético-PR. 
 
No Sport, o treinador ficou no comando técnico por um ano e sete meses. Ao todo, tem 55 vitórias, 35 empates e 37 derrotas.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker