Página inicial
 
Mural de recados
12.12 | Pierre Santos
Marcos Leite, é bom pela renda no momento, agora quando lota é de 90% de caruaru ...
12.12 | CLEO
Vdd Marcos Leite se o Centralzão começar com o pé direito a torcida vai comparec ...
12.12 | CLEO
VAMOS PRA FESTA GALERA NESSA TERÇA LANÇAMENTO DA NOVA MARCA E AS MUSAS DO CENTRA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/11/2017
14h16 | esportes - SPORT
SPORT - Jogadores admitem que ficarão de olho em rivais durante duelo com Corinthians
Não depender apenas de si é uma situação incômoda, e os jogadores do Sport reconhecem. Além de vencer o Corinthians no próximo domingo, na Ilha do Retiro, o Leão dependerá de tropeços de Vitória ou Coritiba para não ser rebaixado à Segunda Divisão. Os rubro-negros não escondem a ansiedade pelas partidas dos seus adversários diretos. Quando estiveram em campo durante a partida decisiva contra o Timão, admitem que vão procurar se inteirar dos jogos dos oponentes.
 
Enquanto o Leão pega o Corinthians, o Vitória recebe o Flamengo e o Coritiba visita a Chapecoense. Das arquibancadas da Ilha, a torcida pode enviar sinais se a rodada está dando certo ou não para o Sport. Mas, caso o time não consiga interpretar os vestígios da torcida, os jogadores não negam que tentarão se informar de algum modo sobre as partidas que lhe interessam.
 
“Sem dúvida, vamos procurar fazer o nosso resultado, mas faltando dez, 15 minutos, vamos procurar saber dos outros resultados para dar aquele ânimo a mais. Todo mundo tem jogos difíceis e tudo pode acontecer”, disse o meia Diego Souza. 
 
Em tese com mais tempo que os jogadores de linha para se informar sobre a rodada, o goleiro Magrão revelou que já ficou inquieto com o resultado dos adversários diretos do Sport durante essa reta final de Brasileiro, no qual o time tenta incessantemente fugir do rebaixamento. “Dá um frio na barriga, principalmente eu, que tenho mais tempo de raciocinar. Os jogadores de linha ficam mais correndo atrás da bola, e às vezes fico perguntando (sobre os placares). Vira e mexe, procuro saber como foi”, contou. 
 
Apesar da dependência de tropeços dos rivais, Magrão mantém a confiança na permanência do Rubro-negro na elite. O veterano crê que a probabilidade de Vitória ou Coritiba tropeçar é alta. “Se fizermos a nossa parte, a chance de sair (da zona de rebaixamento) vai ser muito grande. Não acredito que as duas equipes vão conseguir vencer.”
 
do superesportres pe 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker