Página inicial
 
Mural de recados
22.07 | MARCOS LEITE
NA SÉRIE A2 SÓ SOBE O CAMPEÃO, ESPERO SEJA O PORTO GAVIÃO DO AGRESTE. OU PESQUEI ...
21.07 | jose arruda
Warley, obrigado pela informação atualizada sobre o Sub 20-2017. A FPF divulgou ...
21.07 | Adalgisio
Warley relembra aquela campanha do central na serie D que o time era comandado p ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/04/2017
17h30 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Técnico Milton Cruz cogita mudanças no time, mas opções táticas e peças são escassas
Mudar. Buscar soluções. Tentar novas alternativas. Esse pode ser o caminho para o Náutico vencer o Sport no próximo domingo na Arena de Pernambuco e tentar levar a partida ao menos para os pênaltis. Um caminho que pode se seguido pelo técnico Milton Cruz. Algo que ele cogita. Deve pensar, estudar, mas não é garantia. O tempo pode ser um inimigo. 

Milton Cruz montou o Náutico baseado em um esquema que conhece há muito tempo. Usa um losango no meio de campo e tem feito jogadores que começaram o ano desacreditados evoluirem após adaptação à tática adotada pelo técnico. Talvez esse tenha sido o grande trunfo do técnico após a sua chegada. 

Um exemplo de atleta que foi recuperado com a tática adotada é Rodrigo Souza, que vinha sendo criticado e sofrendo para atuar como segundo volante. Quando foi deslocado para ser o início do meio de campo, atuando como primeiro volante, mostrou outro futebol. Tanto que foi elogiado pelo filho de Tite, que assistiu ao segundo Clássico dos Clássicos da temporada. 

Este esquema também se mostrou eficiente quando os laterais foram apoiados na marcação. Algo que não ocorreu no último domingo, quando Manoel e David tiveram que lidar com as investidas de Rogério e Diego Souza praticamente sozinhos. Talvez esta seja a grande falha que Milton Cruz tentará alterar. Caso isso ocorra, o Náutico tem chance de repetir a atuação da 6ª rodada do Pernambucano e repetir a vitória diante do Sport. 

O foco parece ser ajustar a marcação para dar uma chance ao ataque alvirrubro. A intenção ontem era utilizar Giovanni na cabeça de área para que Manoel tivesse a assistência necessária na marcação. João Ananias, apesar dos elogios do técnico, não esteve à altura do exigido e a mudança parece ser algo provável. Tudo vai depender de como Giovanni estará após sofrer com um problema estomacal que lhe tirou da partida. 

“Vamos ver se ele (Giovanni) vai se recuperar. Tenho que dar os parabéns ao João que fez muito bem essa função, mas temos que esperar. (Mudar a tática) vai depender da semana. Vamos trabalhar a semana toda e ver como estará a equipe. Temos que esperar o Giovanni, ver como estará o Rodrigo, que sentiu uma dor na perna e jogou no sacrifício”, afirmou o técnico Milton Cruz após a partida. 

O caso de Rodrigo Souza que o técnico se referiu só terá uma melhor definição da situação quando a equipe se reapresentar e o atleta for reavaliado. De acordo com o médico Francisco Couto, o camisa 8 sentiu dores na panturrilha, o mesmo incômodo que lhe tirou de algumas movimentações da última semana.

A única possível mudança

Milton Cruz pode falar que imagina um novo esquema para a equipe, mas mudar o sistema talvez só deva ocorrer durante a partida. Utilizar dois centroavantes, algo que o técnico fez contra o Uniclinic e Belo Jardim com Anselmo e Giva, é uma possibilidade, mas ser tão ofensivo contra o Sport pode ser letal. A mudança também foi pouco testada pelo treinador. Só a utilizou em duas das dez partidas que comandou e por isso não deve ser uma opção válida. 
 
DO SUPER ESPORTES PE

...
 
 
 
eXTReMe Tracker