Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/08/2017
20h11 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ - Time definido para o confronto contra o Criciúma
A escalação com quatro atacantes e dois volantes esboçada no único treino do Santa Cruz antes de enfrentar o Criciúma não poderia apenas um teste. O técnico Givanildo Oliveira confirmou que utilizará um quarteto ofensivo e espera, que apesar das seis mudanças feitas no treinamento, o time possa corresponder dentro de campo nesta terça-feira.

“É esse time mesmo. Às vezes tenho me tornado repetitivo, mas não tenho repetido mentira. Tenho repetido verdades. A cada jogo tenho perdido três, quatro jogadores. Perdemos dois laterais. O Yuri fez o primeiro coletivo hoje estamos seguindo assim. Espero quem está começando o jogo vá bem”, comentou.

O técnico mais uma vez afirmou que a falta de tempo para os treinamentos afeta a equipe dentro de campo. Com esse calendário maluco e assumindo o time em meio a uma maratona de jogos, Givanildo pediu até a compreensão do torcedor para o atual momento. “Essa falta de tempo afeta a construção da equipe. Todos vocês sabem disso. Afeta o conjunto, o entrosamento. Vou pedir até o torcedor que nos ajude. Não começar o jogo nos vaiando”, pediu.

Efeito Arruda
Mesmo com esses problemas e em uma péssima fase na Série B, Givanildo enxerga com bons olhos o retorno para o Arruda. O técnico só fez uma ressalva. Lembrou que não adianta ser mandante e não fazer valer a sua força. “Acho que você jogar no Arruda é interessante e importante. Às vezes nem é tão importante porque vários times jogam e perdem. Mas sempre é bom jogar em casa porque a torcida apoia mais", pontuou.
 
Julio Cesar; Alex Travassos, Jaime, Bruno Silva e Yuri; João Ananias e Derley; Andre Luiz, Bruno Paulo, Ricardo Bueno e Halef Pitbull.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker